Copa, cozinha e craques com fome

Screen Shot 2014-06-25 at 10.50.29 PM

Fui convidado a participar de um dos eventos da programação especial que o SESC preparou para ocorrer durante a Copa do Mundo no nosso país. O projeto chama-se “Visões da Copa” e é exclusivamente para a web. Trata-se de uma série de textos e charges feitos por um time de escritores e cartunistas selecionados para comentar os jogos da Seleção Brasileira.

Os escribas e desenhadores são escalados, uma dupla por partida, para enviar seu material logo após o término do jogo do Brasil. Como sou fominha, vou jogar nos dois times, escrevendo e desenhando… heheheheheh. Meu texto já está lá na página e chama-se “Copa, cozinha e craques com fome”, sobre o jogo Brasil x Camarões, e foi ilustrado com a charge do grande Claudio, artista espetacular. Quer ver? Clica aqui.

Ah! futebol, ah! Neymar

 Craque tem que jogar em time bom, senão não brilha. Pelé brilhou muito no Santos, mas dá uma conferida na escalação do time na época. Faça o mesmo com o Palmeiras de Ademir da Guia, o Flamengo de Zico. No atualmente, o “em crise” Barcelona de Messi, o campeão da Champions League, Bayern de Munique de Ribery, Robben, Schweinsteiger e Thomas Müller. Vou ficar em pouquíssimos exemplos, pois são vários. 

Artigo_Neymar_72

 O problema do esporte chamado futebol é que nenhum jogador, por mais brilhante que seja, consegue se consagrar em time ruim. Neymar adora jogar bola, quer brilhar, quer criar, inventar jogadas foras do comum, dribles fantásticos, quer fazer a geral se emocionar, mas… Seu time da Baixada Santista não ajuda. Pior, atrapalha.  Continue reading %s